Supercampeões fazem pacto de competir até os 50 anos de idade em vários países-12/04/2012

A paixão pelo rodeio é tão grande que na última viagem realizada ao México, os competidores Leandro Baldissera e Luiz Carlos Moreira fizeram um pacto: competir até os 50 anos de idade, buscando rodeios seja no Brasil ou nos Estados Unidos, México, Canadá e até mesmo na Austrália.

Após a viagem ao México, relembrando muitas competições que já estiveram juntos, os supercampeões Luiz Carlos Moreira e Leandro Baldissera fizeram um pacto: montar até os 50 anos de idade nos maiores rodeios do mundo. Apaixonados pelas modalidades Bareback e Sela Americana, respectivamente, os dois estão motivados a competir no Brasil e quando não tiver provas por aqui, viajar e continuar na ativa conquistando ainda mais títulos. E, esta semana, os dois embarcam para os Estados Unidos, onde fazem uma breve temporada em rodeios da IPRA (International Professional Rodeo Association) e PRCA (Professional Rodeo Cowboys Association) nos estados da Flórida, Georgia, Mississipi, Tennesse e Arkansas.

Segundo Luizão, a ida para os Estados Unidos começou a ser planejada no final do ano passado. “Estava querendo novamente sentir a emoção de rodeio todo final de semana e para isto, eu teria que ir para os Estados Unidos. Entrei em contato com amigos que tenho lá, comprei a passagem e estarei embarcando após a Páscoa”.

Leandro também estará indo para os Estados Unidos, só não definiu a data ainda, pois como também é cantor e recentemente fechou contrato com a empresa da dupla Fernando & Sorocaba para empresariá-lo, está vendo sua agenda, para poder conciliar as datas e fazer sua parte no pacto.

Com os planos da viagem preparados, Luizão afirma que precisa tirar o “tax id” para renovar o card da PRCA e iniciar nas competições da associação. “Mas já tenho amigos vendo isto para mim lá, acredito que em junho já comece em algum dos 12 circuitos regionais da entidade, que classificam para a grande final de Las Vegas, em dezembro. Como as competições já começaram, preciso escolher um circuito que ainda tenha várias etapas, para tentar a classificação. Ressaltando que fiz minha
programação contando com os rodeios já agendados aqui no Brasil, que acontecem em maio, no Goiás e em Fernandópolis. Meu objetivo é entrar para a final do Top Team Cup, e também da IPRA e de um dos regionais da PRCA”.

E, como novidade, a experiência brasileira no exterior será retratada num documentário que será filmado pelo produtor Nelsinho Fakri, primo do Sorocaba, da dupla Fernando & Sorocaba. “Estamos ansiosos, mas acredito que teremos um vasto material nos rodeios mundo afora. Agora vamos precisar de patrocinadores e parceiros de verdade, para concretizar este trabalho que está começando”, ressalta Luizão.

A programação dos competidores começa neste mês nos EUA; maio no Brasil, junho retorno aos EUA, com passada pelo México, além do Canadá, no mês de julho também estar no roteiro. “Estamos chegando perto de nos aposentar. No início do ano eu fiz 36 e o Luizão 40, então queremos aproveitar muito bem esses anos nas competições, pois estamos com todo gás e preparados para os desafios. Queremos estar nos melhores rodeios do mundo, incluindo também a Austrália e Europa.

Enquanto não sair o nosso calendário da ProHorse, o objetivo é desbravar o mundo na roseta!”, brinca Leandro.

Com um histórico de estar sete anos invicto, sem cair de um cavalo, Luizão quer que o feito perdure por muito tempo mais. Para isto, mesmo quando não está competindo, aproveita os finais de semana para treinar na Fazenda do amigo tropeiro Gabriel Grangueli, em Jaguariúna/SP, ou mesmo no Rancho LB, do Leandro Baldissera, em Capão Bonito/SP, além da academia diária.

“Precisamos estar em forma! Ainda mais com uma programação destas”, finaliza Luizão.
Mais informações: www.prohorserodeo.com.br e no twitter @prohorserodeo .

Informações para a Imprensa:
Susi Freitas – 11 7890-8249 – ID 89*27744 e 11 7046-7709
Samara Bedendo – 11 7864-3557 – ID 80*51179 e 11 9763-5280