Recorde de participações no 2° Grand Prix de Laço em Dupla-01/04/2011

Provas aconteceram de 25 a 27 de março, em Porto Feliz, SP

             Laçadores de 18 cidades diferentes compareceram às dependências do Haras Raphaela, no interior paulista, para as disputas do 2° Grand Prix de Laço em Dupla Haras Raphaela – Rodeo Way. Pista coberta e a premiação ‘gorda’ foram atrativos para os competidores. Sem contar a organização impecável, sem atrasos para começar a prova, boiada de qualidade e a oportunidade de participar de um evento inédito. A Prova Técnica foi sucesso, sendo realizada pela primeira vez, na modalidade, fora de um evento oficial da ABQM.

            O número total de inscrições chegou perto de 1500, contando as da Técnica com as do Cronômetro. “Esperávamos cerca de 1300 e veio muito mais, o que mostra que os laçadores confiam na nossa organização”, afirma Marcelo Chiaverini, da Rodeo Way/RW Import, ressaltando apenas ter se preocupado com o horário, que se estendeu muito por conta do número de inscritos: “não queríamos que ficasse muito cansativo para os competidores e seus familiares”.

            A premiação total foi de R$ 130.500,00, incluindo três carros ‘zero’ km. Cerca de mil competidores buscaram conquistar uma das premiações oferecidas. O reparo utilizando a Kiser Dragmaster, um tipo de rastelo feito sob medida para pistas de velocidade, usado, inclusive, nas maiores competições dos Estados Unidos; barreira eletrônica, utilizada pela segunda vez em provas no Brasil; e o Software de Gerenciamento de inscrições e resultados, utilizando o HNLD, também são destaques desse grande evento, que já está marcado no calendário.

Campeão e reservado campeão da Prova Técnica, que aconteceu na sexta, em cada uma das categorias estão automaticamente classificados para a Copa dos Campeões da ABQM, em outubro. Em jogo, R$ 12 mil. “Superando nossas expectativas, os laçadores aderiram a mais essa inovação. O aumento de cavalos e participantes neste modelo de provas é visível e extraordinário”, reforçou Marcelo. Contando pontos no Registro de Mérito e homologada pela ABQM, a prova foi julgada por Luiz Celso Cuba, Francisco Garcia, Paulo Sérgio Delfim Machado, Ricardo Aparecido Lopes (pista) e Luciano Zanovelli (equipamentos).

            No sábado pela manhã começaram as disputas de cronômetro. De cara, um recorde: 285 inscritos na Somatória 11 (para profissionais, somas de HC 5 com 6, por exemplo), quantidade que ainda não tinha sido registrada em nenhuma outra prova. Na sequência, houve as disputas da Somatória 4 e 5, onde o campeão levava um carro, e outra grande marca: 527 inscrições, com a prova varando a madrugada. O domingo ficou reservado para os laçadores da Somatória 6, 7 e 8, que também buscavam carro zero como prêmio.

Apostando no número grande de famílias que acompanham as provas, para torcer por seus maridos, irmãos, filhos e amigos, o Grand Prix promoveu também uma prova de cavalete para a criançada, que contou com a participação de 20 crianças, entre eles uma menina, Francisca. Guilherme Paulino, filho de Katia e Vanderlei, levou a bicicleta na categoria até 7 anos, e Felipe Bittencout, filho de Guilherme, ficou com a ‘bike’ na categoria de 8 a 11 anos.

            “Só tenho a agradecer a todos os parceiros que acreditaram em mais esse evento nosso. Nomeando alguns, meu pai Luiz Vicente, a todos os que montaram stand, ao Felipe Monteiro, Heitor Mazaro, Alessandro Mendes, Boca, Edvaldo, Erick, pessoal de manejo, à toda imprensa, aos laçadores, enfim, a todos que contribuíram para esse sucesso!”

            O 2° Grand Prix de Laço em Dupla Haras Raphaela – Rodeo Way foi organizado por Marcelo Chiaverini, da Rodeo Way/RW Import. Ano que vem tem mais!        

Outras informações: www.rwimport.com.br.

 Campeões:

Cabeça Aberta Júnior – Rafael Corrêa Paoliello – Dual Melody Whiz – 219,5
Cabeça Aberta Sênior – Rodrigo de Mattos Sobrera – Doc Sugar Lena – 218
Cabeça Amador – Francisco Assis Soares de Araújo – Route 66 JE – 213,5
Cabeça Master – Osmar Vaz Mendes – Manopep – 197
Cabeça Amador Principiante – Renato Storani – Powder Jan Tubantia – 195
Cabeça Jovem – Não teve vencedor
Cabeça Jovem Principiante – Gustavo Almeida Theodoro – Jack Jay Bee Dee – 211,5
Pé Aberta Júnior – Leandro César da Silva – Quimera Hickory STH – 217,5
Pé Aberta Sênior – Marcelo Rizzi da Silva – Ricky Sam Jay – 219,5
Pé Amador – Fernando Demarchi Benevente – Lady Dual Pistol – 218,5
Pé Master – Guilherme Monteiro de Melo – Uthar O’Lena TMR – 214
Pé Amador Principiante – Reginaldo Vargas – Peppy Lee Pistol EK – 216
Pé Jovem – Gustavo Almeida Theodoro – Jack Jay Bee Dee – 199
Pé Jovem Principiante – Francisco As. Araújo Filho – Songsole Doc 2F – 211

Somatória 11

1° - Caio Proença e Leandro César da Silva – 5s83
2º – Flavio Farlei e Everton Chiozini – 6s02
3º – Renan e Roberto Carlos (Som 9 Campeões) – 7s21
4º – Junior Cardia e Cassiano – 6s36
5º – Alfredo Ferri e Leandro Cesar da Silva – 6s82

Somatória 4 e 5

1° – Fausto Dangieri e Soneca – 7s95 1 CARRO ZERO (reservado Somatória 4)
2º – André Barbosa e Júlio dos Santos (Soma 5) – 7s19
3º – Carlinhos Bento e Fu (Soma 4) – 8s35
4º – Junior Orefice e Du Trajano (Soma 5) – 7s60
5º – Tuto Bastos e Vinicius Zago (Soma 4) – 8s52
6º – Junior Varela e Deric César (Soma 5) – 9s11
7º – Marrom e Bolinha (Soma 5) – 9s44

Somatória 6, 7, 8

1° – Rafael Contini e Neno Soares – 6s21 1 CARRO ZERO
2° – Eliseu e Fernando Benavente – 6s95 1 CARRO ZERO
3º – Neto Lopes e Thales Araújo – 6s54
4º – Sérgio da Silva e Sandro Andrade – 7s127
5º – Pedro Borges e Paulinho do Turvo – 6s72
6º – Biba e Rubinho – 7s012
7º – Marrom e Neno Soares – 7s79
8° – Eraldo Draga e Fernando Varoni – 7s62

  

Assessoria de Imprensa: Luciana Omena
luciana@westernmagazine.com.br
Mtb 74833
(11) 9624-0915 / (11) 7838-0306 /
ID 37894*6