O Ceará segue na sua rota de evolução no esporte equestre-14/09/2011

 Na 2º etapa da Tríplice Coroa de Tambor e Baliza foi anunciada a transição na gestão do NCCT-Núcleo Cearense do Cavalo de Trabalho, entidade que representa a ABQM e a NBHA.

Embora a atual diretoria encerre o mandato (2009/2011) somente em dezembro, os novos dirigentes já assumirão integralmente o comando da 3º prova na Fazenda Forquilha (Horizonte-Ce), dia 8 de outubro. O objetivo é a transição harmoniosa, sem prejuízo para o esporte cearense.

Sai da Presidência Alexandre Fontelles, entra Uiana Diógenes. Numa gestão caracterizada pela quebra de paradigmas, luta hercúlea pela evolução da maturidade, nada mais adequado que a sucessão desmistificando o propagado machismo nordestino.

As críticas agressivas, artifício dos imaturos, certamente serão bem menores. As difamações, recurso dos levianos, não encontrarão eco nos associados. O ambiente está mais propício, pois os alicerces foram montados e os obstáculos eliminados.

Maior exemplo teve no evento deste sábado com a confraternização de empresas concorrentes; um momento mágico !

A grandeza de espírito dos fabricantes de ração possibilitou este encontro em forma de patrocínio coletivo. Honra ao mérito para a Guabi, Supra, Dourado Rações, Tortuga, Vetnil e Fri Ribe.

Igualmente ao Haras Fazenda Claro, Nordeste Telecom, Haras New Cruxaty, Bomar, Fazenda Haras Trapiá, CT Flávio Silveira, Boisa, Visercol, Náutica e Haras Primavera.

Ressaltando o grande apoio da Marcosa e da Secretaria do Esporte do Ceará.

Nossa gratidão às instituições acima mencionadas por ajudarem a viabilizar a geração de emprego e renda como consequência pelo aumento de competidores desta prática esportiva.

Vários CT surgiram, elevando o consumo de rações e medicamentos, além do fortalecimento no comércio de equinos. Criação de sites especializados, com nível profissional elevado, em destaque o DoCavalo. Não esquecendo que neste período foi possível o nascimento no Ceará de um Programa Nacional, Circuito do Cavalo (Canal Terra Viva).

Na pista de competição também tivemos grandes avanços técnicos, com animais gradualmente evoluindo para os melhores padrões nacionais.

Nesta última prova o reinado ficou com o potro tordilho Killer Melodys Lacre (Melodys Dusty x Axe Point), montado por Francisco Clealdo Belarmino da Silva. Criatório e Proprietário Walter Lavini Crevatin. Fez o melhor tempo do dia, superando por 0,040 s (Categoria Tira Teima) a égua montada por Raimundo Nonato Monteiro Filho, Onix Proposal ATL (Valid Proposal x Maradona West AS). Criador Artenízio Leite. Proprietário Gentil Linhares.

A expectativa fica para a última etapa !

Resta apenas um único equino com chance de conquistar o inédito título de Tríplice Coroado em Três Tambores pela NBHA e ABQM. Ginga Special (Appeals King Special x Streaker Sound). Criatório Gianni Franco Samaja. Proprietário Rafael Leal (Haras Primavera).

Alexandre Fontelles