Brasileiros trazem mais dois títulos do México e são destaque na mídia internacional-27/03/2012

Os super campeões Leandro Baldissera e Luiz Carlos Moreira, representantes da Pro Horse Rodeo, embarcaram na última semana para Chihuahua, onde participaram da Expogan, o maior e mais conceituado rodeio do México. Eles venceram na Sela Americana e Bareback, respectivamente.

Depois do sucesso brasileiro no Mundialito de Chihuahua realizado durante o Carnaval, onde Tiago Alcantara e Leandro Baldissera trouxeram o título no Bareback e na Sela Americana, a representação do Brasil volta a ser destaque na mídia mexicana, após a vitória de Leandro Baldissera e Luiz Carlos Moreira, na Expogan, grandioso evento mexicano, realizado nos dias 17 e 18 de março. Mais uma vez a recepção mexicana foi o destaque, surpreendendo Luizão, que, com inúmeros títulos internacionais, estreou no México.

Os brasileiros embarcaram no dia 15 e retornaram na última quarta-feira, 21. Segundo Baldissera, que pela segunda vez volta ao México, os mexicanos estão muito empolgados com a presença brasileira e, desde o convite para a participação na Expogan, agendaram inúmeras entrevistas em TVs e rádios locais, além de promover uma recepção grandiosa. “O valor que eles dão aos competidores é muito grande no México e sempre nos recebem como celebridades. Na Expogan, a maior competição do México, que podemos comparar ao Barretão nosso, tivemos disputas acirradas, mas conseguimos trazer mais títulos para o Brasil”.

Foram dois dias de rodeio, sempre com os mais destacados animais do México. A tropa, segundo os brasileiros, é muito boa, selecionada através de animais que foram importados dos Estados Unidos. “Os cavalos são muito puladores. Só para se ter ideia, na Sela Americana, dois competidores quebraram a perna neste rodeio, e, no bareback um outro levou um coice no rosto”, disse Baldissera.

Com grande experiência internacional e estreante no México, Luizão afirma que o país e principalmente o rodeio, o surpreendeeram. “Já tive vários convites para ir lá, mas sempre coincidia com algum outro evento aqui, tanto que da última vez, o Leandro insistiu para ir, mas como eu estava com planos de ir para os Estados Unidos, descartei a possibilidade na ocasião. Agora com mais um convite, decidi aceitar e adiei a ida para a América para o mês que vem. Em conversas com amigos mexicanos, soube que a Expogan é uma competição muito boa, e eu sabia que se pegasse um cavalo bom no sorteio dos animais, poderia ganhar, trazendo a fivela o Brasil. E foi isto que aconteceu, ganhei apertado, apenas 1,5 ponto a frente do campeão mexicano Hector Gonzalez. Foi muito bom, mas o que mais me surpreendeu é ver o quanto eles são apaixonados por rodeio e também a recepção que nos proporcionaram. Posso afirmar que foi uma surpresa muito boa e que não esperava isto do México”.
A Expogan é a maior exposição de gado do México e na área de competições promove o rodeio completo. Além de Baldissera na Sela Americana, Luizão no Bareback,
outros brasileiros participaram do evento como Renato Finazzi, Gabriel Botelho e Edinho Avelino no Bulldog, e também outros nas montarias em touros.

A competição é internacional e, além dos mexicanos, recebeu a participação brasileira e de competidores da Guatemala e dos EUA. “Desde que chegamos no país, fomos recebidos pela direção do rodeio e também por grandes amigos mexicanos que já fizemos. Demos entrevistas nas TVs e rádios, sempre ressaltando a qualidade brasileira nas modalidades. Como é um rodeio somente para convidados, os melhores estavam na disputa”, disse Leandro.

O rodeio
A vitória no Bareback foi apertada para Luizão. Na primeira noite empatou com o atual campeão Mexicano, Hector Gonzalez, e sabia que para vencer precisava de um animal bom, no dia seguinte. No sorteio, pegou um animal que deu para desenvolver o que sabe e venceu com 1,5 ponto a frente de Hector.

“Fiquei muito feliz com mais este título inédito. A impressão que eu tinha do México era totalmente diferente. Eles tratam a gente muito bem e eu sabia da qualidade dos competidores de lá, já que tenho amigos mexicanos. Antes eu imaginava que os Estados Unidos e Canadá estavam no topo da lista, agora pra mim o México ultrapassou estes países, tanto é que já recebi convites para mais rodeios e quero voltar mais vezes”, disse Luizão.

Para Leandro Baldissera o título foi ainda mais especial, porque o conquistou montando no mais renomado cavalo mexicano, San Martin, que detém o título de melhor cavalo há 10 anos consecutivos no país.

“Montar neste animal foi uma coisa que vai ficar marcada por toda minha vida. Quando soube toda sua história, e a dificuldade que existe de parada, sonhei em ser sorteado com ele e não é que na final isto aconteceu. Ele é belíssimo e foi uma bela montaria técnica, que me proporcionou a vitória no rodeio. As 26 horas de viagem que enfrentamos são completamente compensadas pelos oito segundos desta montaria”, conta Baldissera.

Apaixonado por rodeio, em especial pela Sela Americana, Leandro ficou encantado com a história de San Martin, que hoje possui 14 anos e foi salvo de ir para o frigorífico aos 3 de idade, porque um outro apaixonado por rodeio, como ele, o viu e quis comprá-lo, mesmo ele estando machucado pela surra que tomou após quase ter matado um domador. Insistindo na compra, o atual proprietário de San Martin pagou pelo menos duas vezes mais que o frigorífico e logo após sua recuperação, levou ao rodeio, de onde não saiu mais, se tornando o melhor animal nos últimos 10 anos.

“Ele é tratado como um rei. Isto mostra o quanto valorizamos os animais de rodeio. Podemos dizer que ele foi do frigorífico para o estrelato e hoje é uma lenda no México. Poder montá-lo foi uma satisfação muito grande para mim!”, conta.

Como San Martin é um cavalo destinado às duas modalidades, os brasileiros aproveitaram a Expogan para anunciar dois desafios. No retorno ao país, Leandro vai montá-lo de olhos vendados e Luizão quer desafiá-lo no Bareback. Os dois já estão muito ansiosos para estas montarias.

Se dependesse dos mexicanos, os brasileiros retornariam ao país toda semana, já que são inúmeras as competições por todo o país e convites não faltam. Ainda sem definição de quando voltam, Leandro e Luizão acreditam que estarão em junho próximo novamente no país. Enquanto isto, em abril estarão embarcando para os Estados Unidos, numa breve temporada regional da PRCA (Professional Rodeo Cowboys Association), e em maio para as disputas brasileiras do campeonato da Pro Horse Rodeo.

Mais informações: www.prohorserodeo.com.br e no twitter @prohorserodeo .

Informações para a Imprensa:
Susi Freitas – 11 7890-8249 – ID 89*27744 e 11 7046-7709
Samara Bedendo – 11 7864-3557 – ID 80*51179 e 11 9763-5280