ARTISTA PLÁSTICO ZÊ VASCONCELLOS FAZ ESCULTURA COM FOCO NA COPA DAS CONFEDERAÇÕES, NO RIO DE JANEIRO(Vanessa Gianellini)-14/06/2013


Paixão do artista é esculpir cavalos em material reciclado

O artista plástico Zê Vasconcellos lançou em 13/06, uma escultura que deve marcar sua carreira: um São Jorge em tamanho real. Muito antes de o santo ganhar destaque na mídia, devido a uma novela, Zê Vasconcellos já tinha em mente representá-lo por meio de sua arte. “Há quatro anos já venho pensando em fazê-lo e agora por a Copa das Confederações acontecer também no Rio de Janeiro, achei que seria uma boa oportunidade para homenagear a cidade tão devota deste santo”, conta.

O artista, de forma informal, levará a obra para a porta do Maracanã, na próxima semana. “Quero mostrar para os brasileiros e para os turistas de diferentes partes do mundo o meu trabalho”, diz. “Nada melhor que na frente do estádio para qualquer pessoa poder apreciá-la”, completa.

Uma característica que impressiona na escultura de Zê Vasconcellos é o movimento e a riqueza de detalhes. O duro aço inoxidável, reciclado, ganha forma e ação: o cavalo empinando, Jorge em cima do cavalo se equilibrando e lutando com o furioso dragão.

O São Jorge mede cerca de 4,6 m x 3,6m e pesa aproximadamente 700 kg. Com um olhar mais atento, entre o aço inoxidável é possível encontrar outros materiais. Partes como a cabeça, as patas, as costas e a cauda do dragão foram feitas com cerca de 1500 escamas de aço recortado e também moedas antigas, colocadas uma a uma. Já para dar ideia de articulação, o artista utilizou coroas de motos. E, a tela ganha movimento nas asas do dragão.

Zê Vasconcellos fez uma interpretação diferente da imagem original e deu um toque todo pessoal: uma das perigosas pontas das asas do dragão está bem próxima ao cavalo e não o perfura. “A ideia é de ser um corpo fechado, que não pode ser ferido”, explica.

Outras obras que mecerem destaque

Ecologicamente correto, o artista plástico transforma o lixo em obras de arte. As esculturas retratam principalmente cavalos, porém é possível encontrar obras do artista relacionadas à dança e esporte, por exemplo, ou qualquer outra tema já que faz esculturas sob encomenda.

Entre as obras, destaque para a “Bailarina” (65 cm), o “Ego” (1,6m x 1,5m), “Prova do tambor” (65 cm), L´liberte – cavalo de hipismo (5m x 4,75m), “Orelhão” (1,3m x 2,2 m) e “Jogador de Polo” (2,8 m x 2,6m).

Zê Vasconcellos

Atual morador de Campinas, o artista plástico nasceu em Guaxupé, Minas Gerais, e morou na França.

Já trabalhou com matérias-primas como giz escolar, argila e matriz de cera. Mas, foi com o metal reciclado, em 2003, que Zê Vasconcellos se encontrou e resolveu se especializar.

O artista acumula participação em vários salões de arte de São Paulo, Campinas, Minas Gerais, Itália e França. Além de exposições em hípicas e eventos como Feicorte e rodeio de Barretos, o maior do Brasil.

www.zevasconcellos.com.br

Vanessa Gianellini Comunicação – VGCOM - Tel.  (11) 3486.1912
Jornalista Responsável: Vanessa Gianellini –  (11) 9-8222.7297 -Tim
Scheilla Lisboa - (11) 9-9906-2577 - Vivo
E mail: vanessa.vgcom@gmail.com
Skype: vanessa.gianellini