ANTT só tem a agradecer-14/12/2010

ANTT só tem a agradecer

 Depois de Paulínia e Cerquilho, ANTT já tem outras etapas fechadas para 2011
 Com o final de mais um ano, época de repensar e de agradecer, todos acabam por fazer um balanço geral da vida, traçando metas. E não é diferente quando se trata de uma Associação. A ANTT aproveita o final de 2010 para agradecer por todas as conquistas ao longo desses oito anos. E também, agradecimento especial a todas as associadas, as verdadeiras estrelas, aos parceiros, sempre fieis, e a todos que colaboram, torcem e vibram pelo sucesso alcançado por elas. “É importante renovar as metas para que possamos nos orgulhar quando as cumprirmos. Nosso trabalho é incansável, em busca sempre por fazer da ANTT um modelo”, afirma a presidente Silvana Bertato.
Todas as novidades serão anunciadas no site da ANTT e através do mailing. As próximas etapas estão em processo de finalização e alguma ainda em negociação. Pode-se adiantar que Colorado (PR), São José do Rio Pardo, São João da Boa Vista, Guaxupé e São Lourenço (MG), receberão a ANTT em 2011. As competidoras já podem ir se preparando!
Aproveitando a época, a ANTT agradece a todas as comissões de festa, organizadores dos rodeios das cidades por onde o 7° CNTT passou: Paulínia, Cerquilho, Colorado, São José do Rio Pardo, Guaíra, Americana, Pindamonhangaba, Rio Verde e São Lourenço. 
A diretoria não descansa. A contínua busca por patrocínio e a vontade de melhorar a cada dia as condições para as atletas são marca constante das competidoras gestoras da ANTT. Mais informações www.antt.org.br.

Com a Oração do Cavalo, a ANTT deseja a todos um FELIZ NATAL E UM ANO NOVO REPLETO DE MUITAS BENÇÃOS E REALIZAÇÕES!

Dá-me comida e cuida de mim e, quando a jornada terminar, dá-me abrigo, uma cama limpa e seca e uma baia ampla pra eu descansar em conforto.
Fala comigo, tua voz, muitas vezes, significa, para mim, o mesmo que as rédeas.
Afaga-me, às vezes, para que eu te possa servir com mais alegria e aprenda a te amar.
Não maltrates minha boca com o freio e não me faças correr ao subir um morro.
Nunca, eu te suplico, me agridas ou me espanques quando eu não entender o que queres de mim, mas dá-me uma oportunidade de te compreender.
E, quando não for obediente ao teu comando, vê se algo não está correto nos meus arreios, ou maltratando os meus pés.
E, finalmente, quando a minha utilidade se acabar, não me deixes morrer de frio ou à míngua, nem me vendas para alguém cruel para eu ser lentamente torturado ou morrer de fome.
Mas, bondosamente, meu amo, sacrifica-me tu mesmo e teu Deus te recompensará para sempre, e não me julgues irreverente se te peço isso.
Em nome d’Aquele que também nasceu num estábulo.

 “A ANTT orgulha-se de ser parte da história dos Três Tambores no Brasil.”

 

Mais informações:

Associação Nacional dos Três Tambores- ANTT
(19) 9706-3936 / (19) 8119-1661
www.antt.org.brantt@antt.org.br

 

 

 

Assessoria de Imprensa: Luciana Omena
luciana@westernmagazine.com.br
Mtb 74833
(11) 9624-0915 / (11) 7838-0306 / ID 37894*6