AGENDA DA EQUITANA 2013 – GRUPO UNIVERSIDADE DO CAVALO E UNIBENS TURISMO(Luis Almeida)-20/03/2013

No primeiro e segundo dias da feira, dias 16 e 17 de março, o grupo de 55 brasileiros puderam verificar a grandiosidade do evento, não só pelo enorme espaço físico onde se realiza, subdividido em 12 grandes setores, onde se encontram centenas de stands repletos de produtos do mundo equino, quer seja, implementos e máquinas para fenação, preparo de pista, etc até para manejo e limpeza de baías como ancinhos e pás, além da grande variedade de vestimentas e acessórios para os cavaleiros e cavalos.

Uma boa maneira de compreender e aproveitar a feira é tentar organizar o seu dia, visitando todos os setores de maneira a ter uma visão geral do que se encontra exposto lá. No dia 16 de março, percorremos durante  7 horas cerca de 25 km para visualizar o maior número de expositores possíveis, com finalidade de organizar o próximo dia, onde seríamos mais meticulosos, visitando os stands de maior interesse com mais atenção. Terminamos o dia exaustos, mas todos foram unânimes em afirmar a satisfação em estar participando de tão grandioso evento.

No dia seguinte, a partir das 10 hs da manhã, voltamos para o espaço do evento, localizado ao lado do nosso hotel, numa grande sacada da Unibens e Universidade do Cavalo, organizadores da viagem. Aproveitamos para visitar o espaço dedicado ao Brasil, notadamente o stand da Universidade do Cavalo, notando também o grande foco dado pela ABCMM, Associação Brasileira do Cavalo Manga Larga Marchador ao evento, não só trazendo animais como também uma grande equipe para divulgação e fortalecimento da raça no continente europeu. Passamos a manhã em stands especializados em máquinas para preparo de pista e fenação, onde mantivemos contatos com fornecedores, visitando ainda os grandes espaços destinados aos veículos de transporte de equinos, como fantásticos motohomes, trailers dos mais variados tamanhos e de extrema sofisticação, além de práticos furgões com espaços adaptados para transporte de até dois animais.

Na parte da tarde, após delicioso almoço em setor destinado praticamente só à alimentação, percorremos os stands destinados ao vestuário destinado ao esporte equestre, encontrando desde roupas e equipamentos de proteção para hipismo clássico até para as modalidades western. No final do “expediente” mantivemos ainda contato com o pessoal da NBHA Alemanha, onde em uma língua denominada “portinglês” pudemos sentir o quanto os brasileiros do tambor já são conhecidos por aqui, com destaque para o André Coelho e o Lincoln Gimenez que já disputaram e venceram provas na Fieracavalli na Itália.

A noite nos reservava mais uma grande surpresa no show especial dos garanhões, onde podemos ver a apresentação dos reprodutores de diversas raças de adestramento, salto, volteio e atrelagem, esportes equestres mais praticados na Alemanha. Belíssimos cavalos, com apresentação impecável dos cavaleiros alemães, demonstrando toda a qualidade da criação alemã e também a incrível preparação e destreza dos seus ginetes.

E amanhã tem mais.

Luis Almeida
(Enviado especial do Midia Country para a Equitana 2013)